Inscrições para o RENOVADF vão até 31 de dezembro

Inscrições para o RENOVADF vão até 31 de dezembro
Compartilhe:

Mais 3,5 mil pessoas terão oportunidade de se qualificarem e se inserirem no mercado de trabalho da construção civil

Flávio Botelho
Agência Brasília

Que tal começar 2022 se capacitando profissionalmente e preparado para se inserir no mercado de trabalho? As inscrições para o 5º ciclo do RENOVADF, programa de qualificação profissional e renovação de equipamentos públicos do Governo do Distrito Federal (GDF), vão até 31 de dezembro. São 3,5 mil oportunidades para chamamento direto e outras 1 mil vagas para cadastro reserva.

Os candidatos selecionados, que serão conhecidos em 5 de janeiro, participarão de cursos de qualificação profissional com duração de 240 horas, distribuídas em 20 horas semanais e ministrados pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-DF).

Nas aulas, os alunos terão contato com noções de diversas profissões como carpinteiro, jardineiro, eletricista, encanador, serralheiro, pintor e pedreiro.

Os cursos e o diploma do RENOVADF oferecem aos participantes uma oportunidade de entrar no mercado de trabalho da construção civil já com uma experiência prática, pois as atividades são ministradas em equipamentos públicos das regiões administrativas do DF, como quadras poliesportivas, praças, parquinhos infantis, pontos de encontro comunitário, jardins, entre outros.

Dados divulgados pela Companhia de Planejamento (Codeplan-DF) evidenciam a força da construção civil na economia do DF. No último boletim do Índice de Desempenho Econômico do Distrito Federal (Idecon/DF), a construção civil é responsável por 2,2% da atividade econômica brasiliense e 51,1% do setor industrial, e evoluiu 16,6% no confronto dos segundos trimestres de 2020 e 2021.

De acordo com a Codeplan-DF, o ritmo de obras no DF aumentou o nível de ocupados na atividade (que apresentou uma variação positiva de 14,7% entre novembro de 2020 e de 2021, segundo o último Boletim Mercado de Trabalho no DF), o que contribuiu para o crescimento desse segmento produtivo.

“Os números são bons e a tendência em 2022 é continuar evoluindo”, avalia o presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon-DF), Dionyzio Klavdianos, e reforça a importância de uma iniciativa como o RENOVADF para o setor. “É natural que se continue a ter contratação de mão de obra, e esse trabalho vem muito a calhar, principalmente para quem entra como ajudante. Já ter algum tipo de experiência na área ajuda muito”.

Voltar